quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Receita do lievito de lactobacilos

Receita facilitada

Ingredientes da Fase 1:

1 garrafinha de leite fermentado(aquele famoso, oriental e do rótulo vermelho)
1 medida(a mesma garrafinha) de água sem cloro
1colher de café de açúcar(de preferência mascavo) opcional(dá pra fazer o fermento sem o açúcar(que eu coloco só para acelerar a fermentação)
3colheres( de sopa) bem cheias de farinha de trigo

Modo de fazer:

Em um pote de vidro ou plástico(de preferência transparente para poder ver de longe a fermentação),coloque todos os ingredientes e mexa bem com uma espátula tipo pão duro. A consistência do fermento deve ser um pouco mais mole do que a de massa de bolo ou panqueca(não pode ficar embolotada e seca) deve ficar como um mingau molinho. Tampe com um pano para que ele respire e não caia nele bichinhos indesejáveis(só queremos mesmo os lactobacilos).
Aguarde cerca de 2 dias(se for alto verão) ou 3 se estiver friozinho, neste tempo ele(o fermento) já devera apresentar bolhas(estar com um aspecto esponjoso cheiro adocicado ainda). Aqui termina a primeira etapa.

Etapa 2
Repetir a primeira totalmente igual, só para obter mais quantidade de fermento.
Obs.: se tudo correu bem e estiver calor a fermentação já vai acontecer de um dia para o outro, estará espumoso e terá um cheiro adoçicado mas com leve presença de cheiro alcoólico.

Etapa 3 (repete novamente a primeira- é só para aumentar a quantidade de fermento e potencializar a fermentação)

Assim que esta etapa estiver concluída(isto é todos os ingredientes desta etapa já estiverem sido introduzidos, é só aguardar o fermento espumar(subir) coisa que pode ocorrer em algumas horas se estiver quente o tempo, e então já poderá fazer o pão utilizando para um kilo de farinha metade do fermento. A outra metade deverá ser reservada para ser reformado para a próxima massada(colocando apenas um vidrinho do leite fermentado,a mesma medida de água, e água o suficiente para ficar no ponto de mingau molinho. Para facilitar uma visão mais exata da quantia de fermento para cada kilo de farinha é cerca de um copo(tipo requijão de fermento(lievito) então para cada kilo de farinha que for usar. Então um kilo e meio de farinha tem de botar um copo e meio de lievito. Para quem quiser fazer grandes fornadas de pão como eu faço, é só duplicar o fermento desde o início (da fase 1).

Obs.: O cheiro característico desse lievito ésempre adoçicado com notas alcoólicas,nunca nunquinha mesmo ele deverá estar fedido ou estar com um cheiro muito forte de álcool(se isso acontecer é porque ele morreu. Mas esse fermento só morre se não for devidamente bem alimentado e ficar sem uso por mais de 3ou 4 dias. Mas se acontecer um descuido por relaxo, viajem ou esquecimento, não tem problema, é só jogar forae fazer novamente desde a fase 1. Em alto verão em apenas três diasjá teremos novamente nosso fermento e já poderemos fazer pães e pizzas.

Esse fermento teremos sempre à mão, teremos o verdadeiro pão toscano(italiano): macio por dentro e crocante por fora, com um sabor inigualável. Além é claro de podermos finalmente fazermos em casa as melhores pizzas do mundo(que são na realidade feitas com fermentação natural e não com fermento (industrial)para pão como nos ensidnam por aí.

Criei este lievito porque eu queria uma massa que além de fazer muito bem a saúde tivesse um sabor iniqualável, ficasse sempre macio por dentro e crocante por fora e que principalmente não me desse azia ao comê-lo quente(coisa que o pão com fermento industrial me causa), que não me "empanzinasse" e que ficasse de facto como o verdadeiro pão toscano(que para ser mais original eu teria de ir assá-lo na na velha Itália).

Revejam fotos do fermento em postagens do mês de novembro de 2012.

Um comentário: