quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Fermento Natural da Márcia Zaros

Hoje vou mostrar as fotos do fermento e do meu pão feito com ele(aquele que eu criei à base de leite fermentado(o famoso com lactobacilos da mini garrafinha que a criançada adora tomar todos os dias).

Reparem que a casca está "pururucada"(é o termo que uso para crocante). Este pão à moda toscana se tornou insubstituível na mesa de casa(ninguém quer mais pão comprado do supermecado)rs,rs,rs...ainda bem que faço com todoo prazer do mundo.A  panificação é meu "esporte" favorito. Será que éporque sou descendente de italianos?kkkk
a textura  da massa.....fofíssimo
 
 
O pão feito com o meu fermento fica crocantíssimo por fora, e fofo, macio  por dentro. Tem um sabor inigualável. Apesar de ser salgado deixa um cheiro adocicado, e sentimos só o cheiro gostoso do pão, coisa que não acontece quando usamos o fermeto industializado que tem cheiro forte. Só há vantagens nesse pão que por ser de fermentação natural não provoca azia nem incha a barriga com gases(sofro muito com isso) principalmente se comermos bem quente com manteiga(isso acontece só com o pão feito com o fermento industrial.),mas  com esta fofura acima nunquinha.. Além do que ele dura mais tempo preservando o seu sabor original do que  o pão que utilizou fermento industrial que vai ficando com cheiro forte e ruim e vai amargando e resseca muito cedo. O pão defermento natural fica macio por mais tempo e saborosocomo no primeiro dia até o útlimo naco.
Depois darei dicas de como conservar esse nosso pão maravilhoso.

Aqui o meu famoso fermentinho tipo tamaguchi,rs,rs,rs.Reparem nas bolhas do "safadinho" tá crescendo que é uma belezura!
Ah,tem mais uma vantagem dessa maravilha,se quisermos poderemosfazer pão com ele todos os dias. Se ele fraquejar a gente reforçacom uns golinhos do leitinho e tomamos o restinho da maravilhosa garrafinha(elenão reclama quando a gente dásó um tiquito pra ele e tomamos o restante(a maior parte),rs,rs,rs...assim ninguém pode reclamar e dizer que ele sai caro porque ele é muito muito mais barato que o fermento industrial e saudável e delicioso de forma incomparável, insuperável, tudo de bom...acho que já deu pra perceber o quanto sou apaixonada por ele,né!?

Beijão pra todo mundo

2 comentários:

  1. Márcia, eu adoro comer pão, mas sempre me dá muita azia, ficava a pensar... não tem uma outra forma, vou preparar sua receita já comecei a reciclagem.E obter com ajuda da garrafa pet este maravilhoso fermento natural. Depois será só alegria e a manteiguinha derretendo no pão quente que belezura!

    ResponderExcluir
  2. Querida amiga, realmente os pães de fermentação natural não dão azia nem se comer bem quente, e a digestão é bem mais rápida.O meu maior problema com pão quente feito com fermento industrial, é o rápido estufamento abdominal e intestino preso por dias. Agora como pão até não aguentar mais e não me dá nada .
    Vai me relatando o que que tá acontecendo com o seu novo brinquedinho(o seu fermetninho tipo tamagushi) quero ter certeza de que você vai conseguir e vai dar tudo certinho.

    ResponderExcluir